SALSIFI INVESTMENTS
  

O crescimento das economias asiáticas é outro desafio .

Europa - ascensão e queda


    Por Pallavi Aiyar e Jean Lehmann
    07/05/2010

Só quando a UE for capaz de falar com uma só voz, dinâmica, aos seus parceiros globais é que ela será um interlocutor digno de confiança

O dia 9 de maio de 2010 marca o 60º aniversário da proposta apresentada pelo estadista francês Robert Schuman para a criação de uma Europa unida. Esse era um projeto que dizia ser indispensável para que se mantivesse a paz em um continente que acabava de sair de uma carnificina de meio século. Durante esse período, cerca de 90 milhões de pessoas foram mortas na Europa, resultado direto da guerra. A partir dessa perspectiva, não há dúvida de que a "Declaração Schuman" foi um sucesso surpreendente. A Europa prosperou e tem aproveitado uma paz duradoura, que 60 anos atrás teria sido inimaginável. Mas aniversários de 60 anos exigem uma reflexão sobre o passado e também sobre os legados que serão deixados para futuras gerações.

A ascensão da Europa como potência mundial começou em 1492, quando Cristóvão Colombo partiu de Palos de la Frontera, Espanha. A "descoberta" da América inaugurou a chamada Era do Império, em que sucessivas potências europeias - Portugal, Espanha, Holanda, Grã-Bretanha e França - embarcaram em suas odisseias colonizadoras no mundo todo. O que até então era uma remota e atrasada região do continente euro-asiático, iniciou sua ascensão inexorável. Após o Iluminismo, a Revolução Industrial e Francesa e a colonização de inúmeras áreas do mundo, a Europa estava no auge de sua força global em 1900. E então houve o desastre das guerras. Nas últimas décadas, com a criação da União Europeia, a Europa tem buscado reafirmar seu papel global.

É muito apropriado, então, que a Espanha, novamente, seja um ponto de partida para a Europa. Mas, enquanto há 600 anos fora sinalizada a ascensão global do continente, os últimos acontecimentos podem marcar sua queda. A proporção é reforçada pelo fato de que, enquanto a ascensão da Europa começou com a descoberta da América, a queda é ilustrada por um descaso americano à Europa.

A recusa do presidente americano Barack Obama em participar do encontro planejado UE-EUA, nos dias 24 e 25 de maio, na Espanha, tem deixado os líderes europeus atentos ao desprezo. Mas, aos olhos de muitos não-europeus - e de europeus perspicazes - é apenas a constatação das realidades desse momento de transformações turbulentas.

Ironicamente, no momento em que a União Europeia se expande, agora com 27 estados-membros, incluindo aqueles, até então, sob domínio soviético, o continente está sendo relegado a um papel cada vez mais secundário no cenário mundial. Sim, houve algumas conquistas notáveis, especialmente no mercado interno, na expansão da união e na introdução do Euro.

Mas são outras forças que poderão ser determinantes. A impotência da Europa perante a desintegração e massacres na ex-Iugoslávia, principalmente na guerra da Bósnia, foi um dos primeiros e importantes avisos de sua incapacidade de se organizar. Na década de 1990, nos Bálcãs, os americanos tiveram de ser acionados pelos europeus, mas, uma década depois, a invasão do Iraque pela administração Bush deveria ter sido reprimida. No entanto, as profundas divisões referentes à guerra, a Inglaterra e a Itália de um lado e a França e Alemanha do outro, foi um alarme estridente de Euro-confusão

Com o fracasso da Agenda de Lisboa (2000), em que a UE aspirava "tornar-se, até 2010, a economia baseada no conhecimento mais competitivo e dinâmico do mundo, capaz de ter crescimento sustentável com mais e melhores empregos e maior coesão social", muitos líderes europeus também se conformaram de que a UE pode estar perdendo espaço como potência econômica mundial.

O rápido crescimento das economias emergentes da Ásia é desafiador e, se as previsões estiverem corretas, provavelmente irá ofuscar o poder econômico europeu.

A crise econômica mundial serviu para realçar essa mudança no equilíbrio de poder do Ocidente para o Oriente. Enquanto a Europa continua lutando para tirar sua economia da recessão e enfrenta o risco da dívida soberana dos gregos, as principais economias asiáticas estão crescendo rapidamente, mostrando uma capacidade de adaptação às mudanças e desafios de que a UE tanto carece.

A crise gerou uma necessidade clara de um grande ajuste na administração econômica global. Mas, brigas regionais intraeuropeias têm impedido que a UE, apesar de representar a maior economia do mundo, se torne unida, com força e voz enorme. Portanto, na reunião do G20, todos os membros originais do G7 da UE (França, Alemanha, Itália e Reino Unido) insistiram em estar presentes, e também incluíram a Espanha e Holanda.

A UE pode legitimamente celebrar o passado em seu marco de 60 anos, mas não pode deixar de lado os sérios desafios que encontrará no futuro. Neste momento, o continente parece caminhar para um declínio uniforme, evidenciado pelo seu hard power, seu poder econômico e a sua demografia: em 1900, os europeus correspondiam a 24% da população mundial, em 2000 esse número caiu pela metade e a expectativa é de reduzir mais uma metade até 2050.

Mas o declínio da Europa não precisa ser total, pode ocorrer com um grau de dignidade e se manter na liderança e influência de assuntos globais. É preciso uma visão que irá engajar os europeus que terão 60 anos em 2070. É necessário o espírito de descoberta e inovação de Cristóvão Colombo.

Por ora, Obama está certo em não comparecer ao encontro espanhol. Somente quando a UE for capaz de falar com uma só voz dinâmica aos seus parceiros globais que ela será um interlocutor digno de confiança. Esperamos que o tapa de Obama no rosto europeu sirva de lição.

Pallavi Aiyar é palestrante convidada dos programas MBA e Executive MBA do International Institute for Management Development (IMD).

Jean-Pierre Lehmann é professor de política econômica internacional do IMD.



Escrito por SALSFI às 19h55
[] [envie esta mensagem]


 
  

 

Bovespa tem pior semana desde fevereiro de 2009.


Escrito por SALSFI às 19h50
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 11/09/2016 a 17/09/2016
 06/09/2015 a 12/09/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 09/11/2014 a 15/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 15/06/2014 a 21/06/2014
 06/04/2014 a 12/04/2014
 02/02/2014 a 08/02/2014
 13/10/2013 a 19/10/2013
 12/05/2013 a 18/05/2013
 21/04/2013 a 27/04/2013
 10/03/2013 a 16/03/2013
 10/02/2013 a 16/02/2013
 25/11/2012 a 01/12/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 22/07/2012 a 28/07/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 29/01/2012 a 04/02/2012
 11/09/2011 a 17/09/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 28/08/2011 a 03/09/2011
 24/07/2011 a 30/07/2011
 10/07/2011 a 16/07/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 27/03/2011 a 02/04/2011
 13/03/2011 a 19/03/2011
 06/03/2011 a 12/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 19/12/2010 a 25/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 11/04/2010 a 17/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 28/03/2010 a 03/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 22/11/2009 a 28/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 06/09/2009 a 12/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 26/07/2009 a 01/08/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 24/05/2009 a 30/05/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 19/04/2009 a 25/04/2009
 22/03/2009 a 28/03/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 23/01/2005 a 29/01/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 ARTIGOS ECONÔMICOS
 CRÔNICAS E ARTIGOS


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!