SALSIFI INVESTMENTS
  
Aposta na própria ação faz CSN perder R$ 1,3 bi

 

Ivo Ribeiro e Fernando Torres*, de São Paulo - 17/11/2008
 

 
A aposta financeira da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) em seus próprios papéis levou a empresa comandada por Benjamin Steinbruch, principal acionista e presidente executivo, a fechar o terceiro trimestre com um magérrimo lucro: R$ 39,6 milhões. Esse desempenho ficou fora dos padrões da empresa, que tem uma das melhores margens de rentabilidade do setor no mundo. Da perda financeira de R$ 1,7 bilhão no trimestre, R$ 1,3 bilhão decorreram de um contrato de swap, feito em 2003, pelo qual a CSN apostava na rentabilidade de seus ADRs.

No mesmo trimestre do ano passado, a fabricante de aços planos obteve lucro líquido de R$ 699 milhões. No acumulado até setembro de 2008, a empresa lucrou R$ 1,84 bilhão, abaixo dos R$ 2,41 bilhões dos nove meses de 2007.

Conforme a CSN, o contrato - conhecido como total return equity swap - foi renovado várias vezes nos últimos cinco anos, demonstrando aposta da empresa na valorização do real, que começou 2003 valendo acima de R$ 3,40. Em julho e agosto deste ano chegou a ficar abaixo de R$ 1,60. Pelo mecanismo da operação, a empresa troca a rentabilidade dos ADRs contra uma certa taxa de juros. Um banco fica com a contraparte. Se a cotação dos papéis da siderúrgica sobe ela ganha, mas se cai a empresa perde, o que ocorreu no terceiro trimestre com a invertida do dólar.

A CSN informou no comunicado de resultado, divulgado na sexta-feira à noite [nas últimas horas para postar o informe do trimestre na CVM], que obteve ganhos de R$ 3,1 bilhões com essa operação até o fim do primeiro semestre deste ano. No acumulado até 30 de setembro, auferiu ganho líquido de R$ 1,8 bilhão com a aposta.

Do lado operacional, a receita líquida da CSN subiu 35,7% na comparação trimestral, para R$ 4,03 bilhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (lajida) alcançou R$ 2,09 bilhões, com alta de 59,9%. A margem operacional consolidada atingiu 52%, superior à do trimestre anterior e à obtida um ano atrás.

O negócio de mineração de ferro, com margem de 67%, representou 16% da receita do trimestre, o dobro de um ano atrás. A CSN tinha plano de alcançar vendas de 30 milhões de toneladas neste ano. Mas problemas nas operações do porto e a retração da demanda a partir de outubro em todo o mundo deverão frear os planos. Nos nove meses, a empresa embarcou 13,1 milhões de toneladas a clientes do exterior (79%) e internos.

A CSN espera concluir até o fim de novembro a venda da participação de 40% na Namisa. Entrarão no caixa da companhia US$ 3,12 bilhões



Escrito por SALSFI às 06h57
[] [envie esta mensagem]


 
  
Cartas de leitores

14/11/2008
 

 
Banco do Brasil e Votorantim

"Acho que pelos mesmos motivos que Antonio Ermírio de Moraes sempre foi contra a intervenção estatal, nós temos que ser contra a compra do banco Votorantim pelo Banco do Brasil. Ermírio vive nas paginais dos principais jornais brasileiros criticando os gastos públicos, foi a favor das privatizações e agora vai aceitar o dinheiro público para salvar seu banco? Por coerência Ermírio tinha que defender o Estado fora de seus negócios. Dinheiro que pode financiar programas para ajudar famílias de milhões de brasileiros irá salvar o banco de uma família. O Brasil ainda tem milhões de brasileiros sem emprego e renda, temos milhões de sem teto aguardando solução do governo Lula que sofre violenta pressão contrária às ações sociais, por parte dos partidos e personalidades, entre eles do Sr. Antonio Ermírio, que agora busca solução no que eles chamam na 'teta do Estado'. Assim é fácil ser banqueiro; o lucro é de nossa família; o prejuízo é socializado pela sociedade."

Emanuel Cancella - emanuelcancella@uol.com.br

Satiagraha

"A pressão que se está fazendo sobre dois prováveis paladinos da lei e da ordem, o juiz e o delegado que participaram da prisão do banqueiro Daniel Dantas (Valor de 11/11, pag. A6), mostra o incrível paradoxo da Justiça brasileira. Excesso de grampos na punição aos corruptos, ou excesso de corruptos impunes: o que é melhor para o país? De que lado está a justiça afinal?"

Gilberto Dib - gilberto@dib.com.br



"A inversão de valores chegou ao limite máximo no Brasil. O delegado Protógenes Queiroz, coordenador da Operação Satiagraha que mandou prender Daniel Dantas , não só admitiu ter sido afastado das investigações por expressa ordem superior, como agora está tendo a sua vida devassada pela Polícia Federal como se criminoso fosse. Enquanto isso, o maior corruptor brasileiro, Daniel Dantas, vê sua liberdade ser garantida por uma liminar vinda do Supremo Tribunal Federal. A tibieza da oposição aos desmandos e escândalos no decorrer deste governo propiciaram a que os agentes da corrupção agigantassem suas ações, culminando nesta verdadeira tentativa de reviravolta da Operação Satiagraha que, a continuar nesta direção, criminalizará delegados e santificará criminosos. Será que é tanto rabo preso assim no meio politico que a única voz que grita à favor do trabalho de Protógenes é a da sociedade?"

Mara Montezuma Assaf - montezuma.fassa@gmail.com

Correspondências para Av. Jaguaré, 1485, CEP 05346-902 ou para cartas@valor.com.br, com nome, endereço e telefone. Os textos poderão ser editados.



Escrito por SALSFI às 00h25
[] [envie esta mensagem]


 
   DERIVATIVOS

Câmbio leva Heringer a prejuízo no trimestre

 

De São Paulo - 14/11/2008
 


 
Beneficiada pela demanda aquecida até agosto e pelos elevados preços praticados, a Heringer, uma das maiores empresas de vendas de fertilizantes acabados, encerrou o terceiro trimestre com receita líquida de R$ 1,16 bilhão, 70,7% mais que em igual intervalo de 2007, e resultado operacional (lajida) de R$ 92 milhões, alta de 370,2% na mesma comparação. Já o resultado líquido da empresa foi vitimado pela guinada cambial e ficou negativo em R$ 72,3 milhões, ante lucro líquido de R$ 8,7 milhões registrado entre julho e setembro do ano passado.

Na avaliação da Brascan Corretora, o balanço foi positivo, "o que pode impulsionar as ações da companhia no curto prazo". Segundo relatório da empresa, a melhora de margens no trimestre confirma, mais uma vez, a capacidade da companhia de repassar a alta dos custos dos insumos para os preços dos produtos vendidos".

Nos nove primeiros meses, a receita líquida da Heringer alcançou R$ 2,610 bilhões, alta de 82,6%, o resultado operacional aumentou 261,5%, para R$ 214,3 milhões, e o lucro líquido recuou 53,9%, para R$ 24,7 milhões, por causa do prejuízo do terceiro trimestre.



Escrito por SALSFI às 00h16
[] [envie esta mensagem]


 
   OS DERIVATIVOS

Unipar tem prejuízo de R$ 139,9 milhões no terceiro trimestre

 

Valor Online - 14/11/2008 20:12
 


 
SÃO PAULO - A Unipar fechou o terceiro trimestre com um prejuízo de R$ 139,9 milhões, ante ganho líquido de R$ 46,5 milhões no mesmo período do ano passado. Assim, a empresa acumula perda de R$ 101,9 milhões em nove meses até setembro, que se compara com um lucro de R$ 128,8 milhões em igual intervalo de 2007. Além da alta do dólar, a empresa citou o aumento do custo das matérias-primas como uma variável que contribuiu para piorar seus resultados.

A receita líquida da companhia foi de R$ 1,57 bilhão no terceiro trimestre, mostrando um salto de 123% sobre o montante dos mesmos três meses de 2007. Já os custos subiram 139%, para R$ 1,305 bilhão, fazendo lucro bruto avançar 69%, para R$ 264 milhões.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 443 milhões entre julho e setembro deste ano, se comparando com uma despesa líquida nesta mesma conta de R$ 18 milhões no terceiro trimestre de 2007. A variação cambial teve um impacto negativo de R$ 238 milhões neste resultado.

 

Íntegra do conteúdo



Escrito por SALSFI às 00h06
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 11/09/2016 a 17/09/2016
 06/09/2015 a 12/09/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 09/11/2014 a 15/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 15/06/2014 a 21/06/2014
 06/04/2014 a 12/04/2014
 02/02/2014 a 08/02/2014
 13/10/2013 a 19/10/2013
 12/05/2013 a 18/05/2013
 21/04/2013 a 27/04/2013
 10/03/2013 a 16/03/2013
 10/02/2013 a 16/02/2013
 25/11/2012 a 01/12/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 22/07/2012 a 28/07/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 29/01/2012 a 04/02/2012
 11/09/2011 a 17/09/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 28/08/2011 a 03/09/2011
 24/07/2011 a 30/07/2011
 10/07/2011 a 16/07/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 27/03/2011 a 02/04/2011
 13/03/2011 a 19/03/2011
 06/03/2011 a 12/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 19/12/2010 a 25/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 11/04/2010 a 17/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 28/03/2010 a 03/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 22/11/2009 a 28/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 06/09/2009 a 12/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 26/07/2009 a 01/08/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 24/05/2009 a 30/05/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 19/04/2009 a 25/04/2009
 22/03/2009 a 28/03/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 23/01/2005 a 29/01/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 ARTIGOS ECONÔMICOS
 CRÔNICAS E ARTIGOS


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!