SALSIFI INVESTMENTS
  

A INSENSATEZ DO BC

 

Salvador Sícoli Filho - 15/04/08

 

A atuação ambígua do Banco Central na sua pretensa intenção de elevar de novo a taxa básica.

 

Parece marca registrada do Banco Central atuar na contra-mão do setor produtivo e das premissas para um crescimento sustentável.

 

Sempre arruma um pretexto para frear a queda da taxa e no frigir final dos ovos acaba sempre protegendo na a sua política de metas de inflação,  mas o lucro dos bancos.

 

Lucros que por sua vez são cada vez mais excrescentes e às custas do sangue, suor e lágrimas do setor produtivo.

 

O que ganhará agora o BC elevando os juros?

Por que ao invés de exorcizar seus fantasmas psicóticos de inflação atua sempre e transmitindo esta ânsia aos agentes interessados em motivar e ativar as expectativas inflacionárias?

 

O BC quer coibir o crescimento, arrefecendo a possibilidade de juros adequados aos investimentos produtivos? Permitirá galgarmos de novo o galardão de campeões mundiais de pagamento de juros aos inversores?

 

Produzirá novos ingressos de capital especulativo com nova depreciação do câmbio, o que aniquilará de vez o setor exportador.

 

E last, but not least, encurtará o tempo para se ter de volta os indesejáveis déficits em transações correntes.

 

Enquanto isto, o governo, perdulariamente continua a desprezar a contenção necessaríssima do déficit fiscal.

 

Lamentável!



Escrito por SALSFI às 02h13
[] [envie esta mensagem]


 
  

CVM - A CAÇA-FANTASMA

Enquanto o circo pega fogo a CVM caça fantasmas.

Salvador Sícoli Filho - 15/04/08

As evidências do ato falho de um despreparado diretor da Agência Nacional de Petróleo foram claras. No entanto a autarquia fugindo de seu ofício de xerife do mercado se apega a filigranas para politicamente fugir de seu dever de punir a barbaridade notória de uma transgressão de um alto e inépto funcionário do governo.

Depois de Dona Dilma fora de órbita e do tempo atear fogo às cotações da Petrobras com a declaração no meio do pregão da descoberta do pré-sal Santos, agora é a vez do sr. Haroldo Lima na sua notória inconseqüência desequilibrar o mercado e favorecendo os especuladores de plantão, muitos dos quais provavelmente figurantes do seu círculo de espertos.

As evidências à mostra e a CVM, como sempre, pegando peixes pequenos.

 



Escrito por SALSFI às 01h47
[] [envie esta mensagem]


 
  

Normas da CVM sobre divulgação de fato relevante só prevêem punição para participantes do mercado

Valor Online - 15/04/2008 19:10

SÃO PAULO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não possui os instrumentos legais que seriam necessários caso julgasse que deveria punir o diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Haroldo Lima, pela divulgação de informação sobre a descoberta de um megacampo de petróleo pela Petrobras.

Em nova comunicado divulgado hoje, a autarquia ressalta que sua atuação nesse tipo de caso "concentra-se na apuração de atos e procedimentos da companhia envolvida, dos seus administradores e de outras pessoas com ela relacionadas". Ainda de acordo com a CVM, durante este processo de investigação, "o objetivo é verificar se os procedimentos legais referentes à divulgação de informações sobre companhias abertas foram fielmente observados".

Pelos termos da Instrução nº 358, que normatiza a divulgação de fatos relevantes pelas empresas, a autarquia tem poder de fiscalização e punição somente sobre "acionistas controladores, diretores, membros do conselho de administração, do conselho fiscal e de quaisquer órgãos com funções técnicas ou consultivas, criados por disposição estatutária".

Desta forma, caberia à CVM investigar, por exemplo, se algum administrador da Petrobras sabia da existência de um fato relevante a ser divulgado e que não tivesse sido informado ao mercado.

Outra linha de investigação é saber se algum investidor teria se beneficiado da divulgação da informação pelo diretor da ANP. "A autarquia interfere sempre que sejam identificadas possíveis situações em que o investidor ou outro participante do mercado possa ser lesado", diz a CVM.





Sobre este aspecto, a autarquia reforçou que é praxe realizar uma análise detalhada da movimentação acionária nos períodos próximos à divulgação de uma informação "que envolva uma considerável alteração nas condições de mercado de ações".


Escrito por SALSFI às 01h31
[] [envie esta mensagem]


 
   Fábrica da Aracruz no RS terá custo reduzido
Sérgio Bueno e André Vieira - 16/04/2008
A Aracruz confirmou ontem a expansão da unidade industrial de Guaíba, na Grande Porto Alegre. A planta atual produz 450 mil toneladas de celulose por ano e vai receber uma nova linha de produção com capacidade para mais 1,4 milhão de toneladas, que será construída a partir de julho e entrará em operação em agosto de 2010.


A expansão deve reduzir o custo caixa de produção da empresa em US$ 20 por tonelada a partir de 2010, segundo a Aracruz. Para o diretor financeiro, Isac Zagury, o projeto terá um custo operacional altamente competitivo em função das tecnologias que serão utilizadas. "Essa ampliação juntamente com a futura expansão de Veracel levará a capacidade da empresa de 3,3 milhão de toneladas para 5,5 milhões em 2012."


O investimento total em Guaíba será de US$ 2,6 bilhões, dos quais US$ 1,8 bilhão só na fábrica (em linha com os projetos recentes de Suzano e Votorantim). O resto dos recursos são em plantios e logística. O plano de ampliação era conhecido desde junho de 2006, quando o protocolo de intenções foi assinado com o governo estadual. O último detalhe que faltava era a aprovação pelo conselho de administração, ocorrida ontem.


Um relatório do Deutsche Bank indicou que o investimento, combinado com uma estrutura de baixo custo do projeto, deve ser um importante catalisador das ações da Aracruz nos próximos dois anos.


Escrito por SALSFI às 01h17
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 11/09/2016 a 17/09/2016
 06/09/2015 a 12/09/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 09/11/2014 a 15/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 15/06/2014 a 21/06/2014
 06/04/2014 a 12/04/2014
 02/02/2014 a 08/02/2014
 13/10/2013 a 19/10/2013
 12/05/2013 a 18/05/2013
 21/04/2013 a 27/04/2013
 10/03/2013 a 16/03/2013
 10/02/2013 a 16/02/2013
 25/11/2012 a 01/12/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 22/07/2012 a 28/07/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 29/01/2012 a 04/02/2012
 11/09/2011 a 17/09/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 28/08/2011 a 03/09/2011
 24/07/2011 a 30/07/2011
 10/07/2011 a 16/07/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 27/03/2011 a 02/04/2011
 13/03/2011 a 19/03/2011
 06/03/2011 a 12/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 19/12/2010 a 25/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 11/04/2010 a 17/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 28/03/2010 a 03/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 22/11/2009 a 28/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 06/09/2009 a 12/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 26/07/2009 a 01/08/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 24/05/2009 a 30/05/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 19/04/2009 a 25/04/2009
 22/03/2009 a 28/03/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 23/01/2005 a 29/01/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 ARTIGOS ECONÔMICOS
 CRÔNICAS E ARTIGOS


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!