SALSIFI INVESTMENTS
  

O TRANCAMENTO DA ABERTURA.

Salvador Sícoli Filho - 16/07/06

No atual momento, para qualquer empresa está difícil de viabilizar a abertura em bolsa. Ações novas, nem pensar. Depois da febre vem o calafrio. - "O que é que faço?" 

Tem até uma que ganhou dois contratos com a poderosa - sem concorrência e no "apelo do banco credor" - que tinha planos de abrir em agosto para substituir endividamento. Indigesto e mais pesado que a Torre Eiffel. 

Agora acho difícil. Firmas de patinetes, carrinhos de rolimã. Problema com o fisco. Abertura nela!

 Com o mercado de cabeça para baixo, comprar debêntures de empresas novas, certificados de recebíveis ilíquidos e outros simulacros de investimentos, é ousadia que nem os diretores de fundos de quintal oficiais estão podendo se dar ao luxo. É colocar o pescoço na guilhotina com tempo certo para a degola.

 Vejam senhores  que acertamos nas nossas previsões.

A Bolsa faz que dá uma recuperada. Finge que vai  melhorar e piora de novo.

Agora ainda entrou o problema da Coréia, mais Israel contra o Líbano, com o Irã e os xiitas de granadas ao pescoço prontos para se encher de valentia e sobretudo, de sangue.

 O petróleo vai para as grimpas e o resultado vai ficar mais complicado.

A Nyse tem um suporte forte a 10.700 pontos pronto para ser decapitado e o NASDAQ balança se descer dos  2000.

Essa segunda é chave. Vamos rezar!

 Lá fora tem caído mais que aqui. Deve ser o milagre brasileiro que segura esse imenso transatlântico desgovernado.

O dólar continua fraco no mundo inteiro e o BC continua comprando dólar para sustentar o insustentável. Sairam US$ 2.66 bi só da Bolsa em junho.

E os fundos tentam se segurar com a Petrobras, a Eletrobras, a Vale, já que as outras não agüentam mais por muito tempo. O aço cai na China e a Mittal do Lakishimi, paga caros para descuidados que aceitam ações dele como moeda de troca.

 E no Brasil, os acionistas da Arcelor acham que têm direitos. Direito a quê? A que a CVM embarque numa canoa furada?!

Mas vottemos  às ações e sua degringolada.

O caso da Copene, digo Braskem, é exemplar, como é franciscano e católico o princípio de que num primeiro sinal de ratos no convés, salte do navio.

Fizemos lucro a R$18,00, a R$ 19,00 e até a R$ 21,00. Quando ela caiu a R$ 18,00 e ameçou ressuscitar nos 5 gráficos diferentes que acompanhamos, recompramos a R$ 18,80. Dois dias depois fizemos uma reavaliação quando a empresa (capitaneada pelos competentes da Odebrecht) anunciou uma recompra de ações). Vendemos pelos mesmos R$ 18,80 e ficamos felizes da vida quando alguns parceiros resolveram nos seguir e abandonaram a crônica anunciada do caos na petroquímica.

Desoladamente, perdi um amigo, que achou que eu estava muito pessimista e sendo arauto do caos.

Ele está comprado a R$20,00 e não me cumprimenta mais. Homessa! O que eu posso fazer?!Depois descobri que o problema é a segunda mulher dele...

Cáspite. What can I do?

Floreios a parte, meu amigo, estou super preocupado com o petróleo a US$ 77, querendo buscar 80 e o ouro a passar dos US$ 700.



Escrito por SALSFI às 07h09
[] [envie esta mensagem]


 
  

Para o Níquel do Vermelho, tudo azul. Maior do que foi Ronaldo, o fenômeno chama-se Níquel que em pouco mais de  7 dias passou de US$ 19,700 para US$ 29,740 a ton/métrica, enquanto o cobre, o estanho, o chumbo , e o alumínio faziam digressões talvez comemorando os 150 anos de Sigismund  com a conspícua consciência sino - indiana que nem Freud explica.

Por fim, e por falar em Indiana,  o Lula Jones, voltou a fazer turismo e se empoleirou no G-8 para tentar exercitar seu arsenal de fanfarronices. Tal qual um bufão, faz a alegria dos ricos. Espero que todos relutem em seguir o Pastor.

A coisa está feia e a um passo da temeridade.

São Paulo  em chamas, uma íntima farsa urdida pelos terroristas que escaparam da ditadura e que absolvidos do mensalão traçam nas sombras o triste espetáculo da hipocrisia com atos tramados nos submundos da sordidez para um país que se cansou de indignar e ao invés de gritar, tranca-se em casa.

Pagarei minha multa eleitoral em Juízo mas não votarei mais em despreparados.

Todos os políticos  presentes deveriam se envergonhar do que produziram e deveriam ter anulados os seus direitos de concorrer a embusteiros no Brasil em caráter perpétuo. Motivo? Bastaria um: cefaram o bom exemplo para as duas próximas gerações.

Voltando ao mercado é assim: a credibilidade é tudo.

Na política a credibilidade é mais que tudo e não é um pressuposto

É exigência condicionante.

Continuo fora.

Salvador Sícoli Filho



Escrito por SALSFI às 07h08
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 11/09/2016 a 17/09/2016
 06/09/2015 a 12/09/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 09/11/2014 a 15/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 15/06/2014 a 21/06/2014
 06/04/2014 a 12/04/2014
 02/02/2014 a 08/02/2014
 13/10/2013 a 19/10/2013
 12/05/2013 a 18/05/2013
 21/04/2013 a 27/04/2013
 10/03/2013 a 16/03/2013
 10/02/2013 a 16/02/2013
 25/11/2012 a 01/12/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 22/07/2012 a 28/07/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 29/01/2012 a 04/02/2012
 11/09/2011 a 17/09/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 28/08/2011 a 03/09/2011
 24/07/2011 a 30/07/2011
 10/07/2011 a 16/07/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 27/03/2011 a 02/04/2011
 13/03/2011 a 19/03/2011
 06/03/2011 a 12/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 19/12/2010 a 25/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 11/04/2010 a 17/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 28/03/2010 a 03/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 22/11/2009 a 28/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 06/09/2009 a 12/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 26/07/2009 a 01/08/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 24/05/2009 a 30/05/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 19/04/2009 a 25/04/2009
 22/03/2009 a 28/03/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 23/01/2005 a 29/01/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 ARTIGOS ECONÔMICOS
 CRÔNICAS E ARTIGOS


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!